Dia Internacional da Consciencialização sobre as Perdas e Desperdício Alimentares | 29 de setembro

Uma data decretada em 2020 pela ONU, com o intuito de alertar para o impacto deste problema e a urgência em termos de sustentabilidade, tomando em consideração os objetivos do desenvolvimento sustentável: redução em pelo menos 50% o desperdício alimentar até 2030 no retalho e no consumidor, bem como as perdas alimentares ao longo de toda a cadeia agroalimentar. Esta pretensão é acompanhada pela União Europeia, que incluiu no pacote “Economia Circular” e na Estratégia do Prado ao Prato a redução das perdas e desperdício alimentares.

Em 2020, a data foi assinalada pela Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar (CNCDA) com a realização de uma reunião plenária pública. Nessa ocasião, foi efetuado o lançamento do Selo distintivo da CNCDA (um selo destinado a todos os que contribuem para a prevenção, redução e monitorização do desperdício alimentar) e divulgados os resultados do inquérito lançado pela CNCDA sobre o impacto da pandemia ao nível do desperdício alimentar e apresentado o Movimento Unidos Contra o Desperdício, do qual a CNCDA é membro fundador.

A Organização das Nações Unidas (ONU) destaca a necessidade urgente de acelerar a ação coletiva para reduzir a perda e o desperdício de alimentos, num apelo claro à ação do setor público (autoridades nacionais e locais), do privado (empresas, incluindo produtores), bem como dos cidadãos, para priorizar ações e avançar com a inovação, que permitam reduzir a perda e o desperdício de alimentos e contribuir para restaurar e reconstruir sistemas agroalimentares mais sustentáveis.

A população afetada pela fome tem aumentado desde 2014 e toneladas de comida são desperdiçadas diariamente.

O desperdício alimentar tem como consequências o uso ineficiente dos recursos naturais e humanos, bem como a proliferação de aterros sanitários onde é depositada a comida desperdiçada.

A Comissão Europeia assinala a data com o lançamento de uma nova plataforma de prevenção das perdas e desperdício alimentares, a qual funcionará como um balcão único, acessível a todos os operadores económicos preocupados com esta temática. É um espaço dedicado à partilha de informação, com áreas dedicadas a cada Estado Membro e em que se podem encontrar novidades sobre projetos e soluções na área da prevenção e redução do desperdício alimentar.

Para aceder à plataforma de prevenção das perdas e desperdício alimentares:

https://ec.europa.eu/food/safety/food_waste/eu-food-loss-waste-prevention-hub/

Fonte: Gabinete de Planeamento, Políticas e administração Geral

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: